Conselho amigo

quarta-feira, 22 de julho de 2009



Essa semana tivemos o dia do amigo. Só que eu não ando em uma vibe muito "amiga". Não meus amigos não tem reclamações a meu respeito, nem eu a respeito deles. Também não fui grossa com ninguém. Poderia, tive motivos e não poucos para perder a minha classe e elegância. Passei por momentos que definitivamente justificariam o fato de por alguns momentos deixar de ser uma garota fina e educada. Mas, preferi manter a pose.

Ok, a essa altura do campeonato você deve estar pensando qual é o conselho amigo. Meu conselho amigo é o seguinte:

NUNCA TRABALHE EM UMA AUTO ESCOLA, CLÍNICA MÉDICA OU QUALQUER OUTRO DEPARTEMANTO LIGADO AO DETRAN, CIRETRAN, CONTRAN, DENATRAN OU QUALQUER PORCARIA NESTA TERRA ASSOCIADA AO TRÂNSITO.

Porque problemas acontecerão no sistema, os responsáveis irão mudar regras e resoluções do dia para a noite, pode faltar luz, internet, ou pior a PRODESP pode falhar. Se qualquer uma dessas coisas acontecer, o suporte vai tentar fazer tudo que é possivel para te ajudar. Porque mesmo que o DETRAN erre, mesmo que ocrra uma o problema é EXCLUSIVAMENTE SEU. O eficientíssimo órgão público não fará nenhum esforço para resolver o problema. Então, você lê nas entrelinhas: se vira. Nós erramos, porém não vamos assumir pois somo um órgão público, definimos as leis. O problema é seu e nós não vamos te ajudar.

O resumo da ópera é o seguinte. O sistema deu erro na segunda-feira em uma aula de renovação, período noturno. A digital do instrutor não entrou no intervalo porque o sistema travou. Não há meios e retroagir o relógio ou a biometria ficará bloqueada. E eu tenho quase 30 condutores, que mais se parecem com uma manada de elefantes furiosos. Ele se esquecem de que eu não determino as leis, os horários e os procedimentos. Eu apenas os cumpro. Porque infelizmente, este ainda é o meu trabalho. E lançam sobre mim toda sua indignação, stress, falta de respeito, ausência de compostura e educação por conta disso. Contudo se esquecem de que esta atitudade não resolve o problema.

Se eu realmente não tivesse objetivos maiores em minha vida, que necessitassem de investimento de capital. Se eu não tivesse uma porrada de contas para pagar. Se o meu patrão depositasse meu FGTS em dia, eu provavelmente já teria chutado este emprego. Mas, o que me resta de bom senso e de necessidade de capital para investir em meus projetos, me faz continuar. Hoje este texto não tem um fim, porque meus problemas não acabaram e não sei quando se resolverão.


Share/Save/Bookmark

2 telhas:

Ana Dell' Aquila disse...

Meu Deus!! Imagino o seu stress! Lá na loja, passo por cada situação de grosseria de clientes, que na maioria das vezes, para não dizer todas, a loja não tem a mínima culpa. Graças a Deus não trabalhamos com orgãos públicos, porque senão seria pior ainda! O négócio é relaxar... senão dá pane!

Sobre o MAGIX da Avon, vou pedir amanhã! Vamos ver se é milagroso mesmo!!!

Beijokas!

Natie disse...

Huumm, vou saber se ele mágico mesmo o.O
bjo,Ana.

Related Posts with Thumbnails