Em algum lugar distante na galáxia, em um planeta chamado trabalho

sexta-feira, 29 de maio de 2009



Semana passada, após as turbulências com a segunda internação da minha vó (que já saiu, está em casa e apresentando melhoras diárias, \o/ graças), fui transferida de departamento (Heiin???). Pois é, também não esperava.
Eu pedi para sair do financeiro, lembra? E fui atendida, mesmo porque no financeiro, eu jamais renderia 100%, por mais que eu tentasse, pois eu sou uma pessoa de Humanas. Publicitária, para ser mais exata, aos marinheiros de primeira viagem que possam aparecer por aqui.

Fui transferida para o departamento que trata direto dos interesses dos condutores junto à Ciretran, mas no meio do olho do furacão. Tive atritos com o encarregado da Ciretran, e até postei o ocorrido aqui no blog, uns posts atrás. O fato principal é que resolvi uma série de problemas do tal departamento (criados por pessoas que o assumiram no período em que fiquei no financeiro – 1 ano) e quando o departamento começa a fluir, eu sou transferida. Fiquei muito chateada, porque oi? Metade dos procedimentos adotados pelo departamento eu ajudei a criar ou reformulei. Eu trabalhava neste departamento antes de ir para o financeiro. Eu treinei pessoas para desempenhar melhor o serviço neste departamento. E de repente, eu sou transferida, sem quê nem por quê, como se o meu trabalho fosse um lixo.

Percebi, enfim, que ficar especulando a possível causa de minha transferência não ia me fazer bem. Minha nova atribuição é gerenciar uma das filiais, e é o local onde estou agora. Tenho que verificar tudo desde limpeza a materiais didáticos para os instrutores teóricos. Se recebi tal responsabilidade, creio que é porque meu trabalho não é um lixo. Contudo, odeio a falta de comunicação da empresa. Odeio que deixem as coisas no ar. Se não gostou de algo que eu fiz, então faaaaaala! Gosto das coisas às claras, sem jogos, sem meias palavras, sem meias verdades. Não gosto de nada pela metade, sou inteira!

O que posso dizer é que a filial em que estou em uma palavra é: A paz. Tanta paz, que em alguns momentos se torna boring. Talvez, porque eu estou acostumada a um ritmo frenético de trabalho que me deixava quase louca. Acredito que essa mudança vai ser boa para mim. Se antes eu não tinha tempo, agora ele vai começar a sobrar tamanha a paz que tenho aqui.

Até um post melhor, menos desabafo. See you.


Share/Save/Bookmark

2 telhas:

Ana Dell' Aquila disse...

É chato mesmo falta de comunicação! Mas, mudanças muitas vezes são boas! E se tá sobrando tempo... ótemo!!

Bjs!

Natie disse...

Tô vendo por esse lado da sobra de tempo que me beneficia, tanto que agora pouco tive tempo de ler uns tutoriair e adicionar mais uma coluna no rodapé do template.
Mas, meu sonho mesmo é adicionar uma coluna à esqueda e fazer sanduíche com os post. Ainda não achei um tutorial claro o suficiente =/

Related Posts with Thumbnails