Bethoveen

terça-feira, 24 de março de 2009



Eu me acabo de rir com as coisas que acontecem na minha família. Hoje, meu pai me lembrou de uma história que meeeeo, me acabo de rir.


Meu tio tem uma peixaria na frente da casa dele, lá em Floripa . E ele tem dois cachorros: Duque e Bethoveen. O Bethoveen tem mania de ir até a peixaria de vez em quando. Lá um belo dia ensoralarado, uma das clientes está comprando peixe, acompanhada de seu queridíssimo poodle, quando meu tio berra para minha tia:

- Lúcia, prende o Bethoveen. Não deixa ele vir aqui na peixaria!

A madame, mais do que depressa corre, pega seu cachorro no colo e implora para o meu tio prender o cachorro dele e não deixar o tal do Bethoveen se aproximar de seu querido poodlezinho. Porém, era tarde demais, o Bethoveen já estava latindo ao lado do meu tio, que falava:

-Bethoveen, volta para casa. Vai pra dentro.

Qual a graça da história toda? A cliente desesperada achava que Bethoveen era um são bernardo gigantesco capaz de engolir seu poodle em uma bocada só. E o cachorro que latia ao pé do meu tio, o tal do Bethoveen, trata-se de um pinscher. Imagina a cara da mulher ao ver quem era Bethoveen. Na mesma hora, colocou seu poodle no chão. Afinal, era mais provável que o poodle dela angolisse o Bethoveen, do que o contrário.




Share/Save/Bookmark

1 telhas:

Ana Dell' Aquila disse...

Ótimo! Esses casos de família são bárbaros! kkk

Related Posts with Thumbnails